Programa de Pós-Graduação em
Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente
Instituto de Botânica de São Paulo

Rebeca Politano Romanini

No dia 08 de agosto de 2006, Rebeca Politano Romanini, aluna de Pós-Graduação do Instituto de Botânica da
Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo, defendeu sua dissertação de mestrado intitulada

"A família Orchidaceae no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Cananéia, SP"

A banca examinadora foi composta por seu orientador Prof. Dr. Fábio de Barros (IBt), Prof. Dr. Eduardo Leite Borba
e a Profa. Dra. Maria das Graças L. Wanderley (IBt).

A família Orchidaceae no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Cananéia, SP
RESUMO

Foi realizado o tratamento taxonômico das espécies de Orchidaceae ocorrentes no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Cananéia, São Paulo. Foram reconhecidas 147 espécies e 66 gêneros, sendo a família mais diversificada na área. São apresentadas descrições, chaves de identificação e ilustrações das espécies e gêneros, complementadas com dados sobre fenologia, distribuição geográfica e comentários taxonômicos. Os gêneros com maior número de espécies na área são: Epidendrum (15 spp.), Maxillaria (11 spp.), Octomeria (10 spp.), Stelis (8 spp.), Oncidium (7 spp.), Acianthera (5 spp.) e Prosthechea (5 spp.). Por outro lado, 59% dos gêneros encontrados apresentaram apenas uma espécie. As informações aqui geradas têm, também, a finalidade de contribuir para o aumento do conhecimento da família no Estado de São Paulo, subsidiando a identificação dos táxons ocorrentes, principalmente na Mata Atlântica, e o conhecimento de sua distribuição e sua conservação in situ, constituindo importante ferramenta para a Flora Fanerogâmica do estado de São Paulo, já que o número de espécies ocorrentes na Ilha do Cardoso representa cerca de 20% de todas as espécies de orquídeas estimadas para o estado.